Novos Canais e a COVID-19

Nesta quarentena, o Mello & Marques Advogados criou novos canais de contato para seus clientes. Para atender prioritariamente aqueles que desejem agilidade e prefiram permanecer em casa temos dois números exclusivos de WhatsApp e reforço de atendimento via redes sociais. É essencial nossos clientes manterem cuidado e contarem com nosso suporte online.

Também retornamos ao atendimento presencial em nossa Sede em Curitiba, no último dia 18 de Maio. Nossa prioridade é o cliente, por este motivo temos Álcool gel nas salas, tapete sanitário na entrada, espaçamento dos horários de atendimento e testagem da equipe. Segundo o Governo do Paraná, a advocacia é atividade prioritária, desde que sigamos as normas da Secretaria de Saúde.

Acompanhe nossos canais de atendimento.

1) Atendimento na sede na rua Ébano Pereira, 60 – 9º Andar – das 11 às 16h

Com hora marcada pelo (41) 3151-1200 – de 2h em 2h para espaçamento de clientes e evitar aglomerações.

2) Grupo Clientes WhatsApp: Transmissão de conteúdos Mello & Marques

3) WhatsApp Atendimento: Prioritário não clientes/Dúvidas e Primeiro Contato. Clique aqui.

4) Instagram @mello_marquesadv

5) Facebook Mello & Marques Advogados

Atenção INSS – agências fechadas até 19 de Junho

O INSS prorrogou a abertura das agências da Previdência Social até dia 19 de junho. A medida, publicada no Diário Oficial da União de hoje, tem o objetivo de proteger a coletividade em meio à pandemia do novo coronavírus. O INSS já havia prorrogado o prazo de atendimento até 25 de Maio, de acordo com o decreto de estado emergencial de saúde.

Perícia médica ainda é um problema

Durante esse período, os casos que dependem de perícia médica serão analisados sem a perícia presencial, bastando que o segurado anexe o atestado médico pelo portal ou aplicativo Meu INSS. O Instituto vai antecipar parte do valor do benefício devido ao segurado de forma remota. Com isso, o Instituto vai antecipar parte do valor do benefício devido ao segurado de forma remota.

Como nós podemos ajudar?

É essencial o cliente buscar apoio jurídico. Nestes casos temos algumas dicas importantes:

– Análise prévia do caso. O advogado pode auxiliar neste quesito. Com as agências fechadas, conseguir tirar dúvidas ficou muito complicado. O advogado tem experiência e conhecimento para orientar o segurado.

– Evite perda de tempo. Muitas vezes a população tem pouco ou nenhum conhecimento dos trâmites legais, o tempo que leva e como fazer. Neste caso, o advogado pode atuar, com a documentação e atenção a todas as exigências.

– A prioridade do advogado previdenciário é o cliente. Por isso a especialidade em previdência é imprescindível. Tem de ser um especialista, que compreenda a situação do segurado e como ajudar. 

Meu INSS

Existe também o canal Meu INSS (site e aplicativo), agora tem todas as informações disponíveis sobre o serviço em um único lugar. Para saber como gerar sua senha, além de aprender a solicitar serviços e benefícios, https://www.inss. gov.br/servicos-do-inss/meu-inss/.

O Meu INSS foi criado para proporcionar segurança ao cidadão que busca por serviços e benefícios previdenciários ou assistenciais. Pode ser acessado pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e IOS). Porém vale lembrar que o site tem ainda seus dias de muito movimento e com as agências fechadas, isto se agravou. 

Fontes: www.mellomarques.adv.br

www.sitecontabil.com.br

Proposta garante benefício previdenciário automático para pessoa com mais de 75 anos

O benefício será concedido após o prazo legal de 45 dias para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) analisar a documentação do segurado

O Projeto de Lei 2552/20 garante pagamento automático de benefício previdenciário a idosos com 75 anos ou mais. O benefício será concedido após o prazo legal de 45 dias para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) analisar a documentação do segurado.

A proposta, da deputada Rosana Valle (PSB-SP), tramita na Câmara dos Deputados.

O texto altera a Lei de Benefícios Previdenciários Lei 8.213/91 para prever essa possibilidade. Também muda o Estatuto do Idoso Lei 10.741/03 para garantir prioridade na concessão de benefício previdenciário para tem 75 anos ou mais.

Valle afirmou que o projeto pode ajudar a dar mais tranquilidade e condições de enfrentar o “momento delicado” no atual contexto de pandemia. “A Covid-19 tem afetado a todos, e mais gravemente os idosos, tornando-se mais fatal conforme o avançar cronológico do indivíduo”, disse.

Segundo Valle, atualmente há quase 2 milhões de pessoas na fila do INSS aguardando análise de seu benefício.

Fonte: Agência Câmara de Notícias (Disponível em: www.camara.leg.br)